Adorável adorável psicose

Semana passada assisti sem querer o seriado Adorável Psicose no Multishow. Não dou muito crédito às séries do canal. Tenho a impressão de que são feitas para pessoas (bem) mais novas que eu com um toque “Malhação” demais para o meu gosto. Mas essa me surpreendeu! É debochada, neurótica e com referências divertidíssimas. Trata-se das desventuras de Natalia: no divã com a Dra Frida ou no boteco com os amigos. Eu me arrisco a dizer que é um Sex in The City bem mais próximo da seguinte realidade: carioca, solteira e neurótica, apesar de Natalia ser tecnicamente uma pessoa só e não um quarteto como no caso da série de Carrie Bradshaw. A criadora e protagonista é a blogueira Natalia Klein e a série é uma compilação de suas experiências psicóticas, descritas lá no blog, ou não.

A atuação da moça é convincente pra caramba e o humor é rápido, do jeito que eu gosto. Além disso, o apelo visual é forte, com uma pegada retrô e colorida, do jeito que a Moderniña gosta. Virei fã e o link do blog já entrou nos favoritos. Estou em estado psicótico na ideia de ver tudo o que perdi até agora, aliás, tudo disponível no próprio blog e no site do Multishow. O seriado passa às quintas, às 21 e 30.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s